Trilogia da Várzea

Como o universo conspirou e me colocou no lugar certo, na hora certa, fiz o que me cabia e RELATEI tudo. A repercussão foi positiva – não poderia deixar de ser diferente, pois é o único futebol que não é movido pelo deus grana, e ser movido pelo deus grana nem é um problema, o problema é a falência total do futebol como o conhecemos – mas, enfim, não poderia deixar o torneio de verão da redenção de futebol amador se desenrolar sem minha presença para relatar TUDO O QUE POR LÁ ACONTECIA, ou quase.

Sendo assim, o fecho de ouro é ESSE RELATO, pífio, se comparado com a magnitude de acompanhar tal evento, acontecendo bem nas nossas barbas, mas não divulgado por nada nem ninguém.

Melhores três finais de tarde passados na redenção, esse ano, isso é certo. E estarei lá no Torneio de inverno, tentando passar com a maior fidelidade possível as agruras e redenções (uh) de pessoas que levam o futebol realmente a sério. Heróis anônimos como o excelente Titica, o nervoso treinador do supremo, a alentadora torcida do barão, dando MUITA importância ao futebol, no meio de joggers alheios a tudo, correndo em volta do campo e dos jogadores de rugbi que comumente faziam seu treino atrás de uma das goleiras, enquanto a disputa varzeana se desenrolava.

Saudades daquele pessoal se xingando.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: